12

Filmes de Hollywood

Posted by InTrUdEr on 04:49 in ,
Eu gosto de filmes, mas porque eles tem que ser tão demorados?

As trilogias então, nem se fala. Intermináveis! E a história toda poderia ser resumida em alguns minutos.

Eu digo isso pelo Senhor dos Anéis. Filmaço. Milhões de dólares gastos. Super-produção (a nova gramática já entrou em vigor? Superprodução!).














A história toda gira em torno de um anel do mal que deve ser destruído num vulcão lá no fim do mundo...

Claro que o vulcão é "lá no fim do mundo". Não poderia JAMAIS ser ali na esquina da vila dos hobbits. Tinha que ser LONGE PRA CARAMBA! Senão eram 10 minutos de caminhada e fim do filme.

Mas até aí tudo bem, a jornada começa e lá vão eles na tal da "sociedade do anel", que já começou estranha por não ter nenhuma mulher no grupo.
"Sociedade do anel"... SEI!









Bom, continuando...
Eles vão na direção do tal vulcão, enfrentando mil perigos, quase morrem várias vezes, se separam, aí realmente alguém morre, aí tem uma guerra, aí entram as árvores que andam, e um monte de esqueletos, fantasmas, orcs, elfos, e.... trezentos personagens extras na história.

Tudo bem, que seja! É um filme caro, e tem que ser grandioso mesmo, pra impressionar.
Mas tem um detalhe que não poderia ter sido colocado lá.

O que me fez ficar com cara de "fui enrolado" é que no meio do segundo filme, quando o Gandalf está lá lutando com o Saruman na torre e o bagulho tá feio pro lado dele, ele invoca ÁGUIAS GIGANTES!














SIM! Ele apelou para ÀGUIAS GIGANTES!

Agora me digam aí, pra que fazer o Frodo ir andando, carregando aquele anel do mal no peito, sofrendo mil torturas mentais e outras coisas mais, se o Gandalf podia ter chamado uma águia gigante e resolvido tudo rapidinho?

O coitado do Frodo ainda foi obrigado a ficar ouvindo o papo aranha do outro Hobbit lá dizendo que "eu não posso carregar o seu anel, Senhor Frodo, mas posso carregar o senhor nas costas..."


















TENHA MEDO FRODO!

Na minha visão de objetividade, a trilogia do Senhor dos Anéis seria resumida a 10 minutos de filme... 11 se você quisesse ler os créditos finais esperando alguma cena extra.

A história ficaria assim:

Frodo recebe a "herança do mal" de seu tio, Bilbo. Gandalf vê o anel e diz:
"-C%#$@$o! É o anel do mal! Vou chamar uma águia gigante pra você tacar isso lá no vulcão!
- Ahh, Frodo, na volta traga uma pizza lá da cantina do Elfo."


Frodo viaja com a águia até o vulcão, e lá de cima joga o anel que se queima.
Na volta passa na cantina do elfo e pega 2 pepperoni família para festejar com Gandalf.

Pronto, fim.

Os 3 filmes juntos com os extras que foram cortados somam mais de 14 horas de filme.

14 horas de enrolação desnecessária. 14 horas pra queimar um anel...

Nem o Clodovil demorou tanto pra queimar o anel. E olha que ele costurava pra fora hein...


Links para esta postagem
2

Ônibus Elétrico

Posted by InTrUdEr on 04:38 in
Dois motoristas de ônibus elétrico protagonizaram na tarde de ontem uma cena inédita no terminal rodoviário de nossa cidade.












Um dos motoristas estava atrasado e resolveu ultrapassar o outro veículo que ia à frente na mesma linha.

Os fios se enroscaram, o que era 110 passou a ser 220 volts e um grande clarão foi visto quando o curto circuito aconteceu.

Os passageiros dos dois veículos ficaram chocados e de cabelos em pé com o acontecido.


















Os dois motoristas serão processados pela companhia estadual de energia elétrica por tentativa de "gato".

Essas e outras, hoje a noite no seu plantão de notícias. Até lá!

Links para esta postagem
2

Tudo pela Copa!

Posted by InTrUdEr on 02:10 in
Estou fazendo a minha parte para ajudar a seleção brasileira na Copa do Mundo.

Vou explicar: Eu coleciono álbum da copa do mundo desde que a figurinha vinha no chiclete ping-pong.

Meu álbum da copa de 82 tem cheiro de tutty-frutty até hoje.

Mas o que interessa mesmo saber é que o meu álbum de figurinhas da copa é quase um Nostradamus da banca de jornal. Uma Mãe Dinah em forma de papel...














Eu vou colando as figurinhas, e desde a copa de 1994 o que acontece é que sempre a última seleção a ser completada é a que ganha o mundial.

Vou exemplificar: Em 1994, eu colei o Bebeto por último, e o Brasil foi campeão.


















Mas eu não sabia desse poder em forma de celulose que eu tinha. Tanto é que em 1998 eu nem me liguei nesse fato e colei o Zidane por último. Deu no que deu. França campeã.


















Em 2002 eu não me liguei nisso e colei o Ronaldinho por último, só fui perceber a coincidência quando mais uma vez o Brasil foi campeão.

Pra comprovar a teoria de que meu álbum de figurinhas prediz o futuro, em 2006 eu não colei nenuma figurinha até o Brasil se desclassificar, perdendo pra França nas oitavas de final. No final daquele jogo, colei todas as figurinhas e deixei a Itália por último, pois nada indicava que ela ganharia o Mundial e que a Alemanha seria campeã.

Sim, eu sou o responsável pela Itália ser a campeã de 2006. Tanto que mandei essa história para a embaixada italiana em agosto de 2006 e eles ficaram tão agradecidos que eu como de graça em vários rodízios de pizza do Brasil até hoje.













Este ano eu vou testar o poder vodu do meu álbum. Pra ajudar o Brasil eu colei as figurinhas da França de costas. Quando você abre na página deles, só vê números.
Os argentinos eu colei de cabeça pra baixo, pra eles ficarem perdidos em campo.
Os italianos eu não fiz nada não pra não perder as facilidades nas pizzarias, oras.
Preciso me alimentar.

Peguei a figurinha da taça e colei escondida embaixo do Lúcio, nosso capitão, pra ele já ir se acostumando com a danada.


















Já que nem o Adriano e nem o Ronaldinho Gaúcho estarão na copa, peguei as figurinhas do Deco e do Liedson e repatriei eles, pintando o uniforme de Portugal de amarelo.

Já até completei o Brasil, mas desculpa aí Kaká...


















Só vou te colar na final.

Links para esta postagem
3

Hugo

Posted by InTrUdEr on 02:42 in , ,
Hoje de manhã alguém bateu na minha porta. Era um casal bem vestido e arrumado. O homem falou primeiro, e disse:

João: Olá! Eu sou João, e esta é Maria.

Maria: Olá! Gostaríamos de convidá-o para vir votar no Hugo com a gente.

Eu: Como assim? O que é isso? Quem é Hugo, e por que vocês querem que eu vote nele? Nem é dia de eleição hoje.

João: Se você votar no Hugo, ele lhe dará um milhão de dólares, e se não, ele te cobre de pancada.

Eu: Mas o que é isso? Extorsão da máfia?

João: Hugo é um multibilionário filantropo. Hugo construiu esta cidade. A cidade é dele. Ele pode fazer o que ele quiser, e ele quer te dar um milhão de dólares, mas isso só é possível se você votar nele.

Eu: Mas isso não faz o menor sentido. Se o Hugo construiu a cidade, é dono dela e pode fazer o que quiser, entao por que ele precisa ser eleito? E por que ele...

Maria: Quem é você para questionar o presente do Hugo? Você não quer o milhão de dólares? Não vale a pena por votar nele uma vez só?

Eu: Bom, talvez, se for pra valer, mas...

João: Então venha com a gente votar no Hugo.

Eu: Vocês já votaram no Hugo?

Maria: Ah, claro, e...

Eu: E vocês já receberam o milhão de dólares?















João: Bom, na verdade não. Você só recebe o dinheiro depois de sair da cidade.

Eu: Então por que vocês não saem?

Maria: Você só sai quando o Hugo deixar, ou você não leva o dinheiro, e ele te cobre de pancada.

Eu: Vocês conhecem alguém que votou no Hugo, saiu da cidade e ganhou o dinheiro?

João: Minha mãe votou no Hugo por anos. Ela saiu da cidade ano passado, e tenho certeza de que ela ganhou o dinheiro.

Eu: Você não falou com ela depois disso?

João: Claro que não, o Hugo não deixa.

Eu: Então por que você acha que ele vai te dar o dinheiro se você nunca falou com alguém que conseguiu o dinheiro?

Maria: Bom, ele te dá um pouquinho antes de você ir embora. Pode ser um aumento de salário, pode ser um pequeno prêmio de loteria, pode ser que você ache uma nota de cinquenta na rua.

Eu: E o que isso tem a ver com o Hugo?

João: O Hugo tem uns 'contatos'.


















Eu: Sinto muito, mas pra mim isso parece um golpe maluco.

João: Mas é um milhão de dólares, você vai arriscar? E lembre, se você não votar no Hugo, ele te cobre de pancada.

Eu: Talvez se eu pudesse ver o Hugo, falar com ele, pegar os detalhes diretamente com ele...

Maria: Ninguém vê o Hugo, ninguém fala com o Hugo.

Eu: Então como vocês votam nele?

João: As vezes nós fechamos os olhos e votamos, pensando no Hugo. As vezes votamos no Carlos, e ele conta pro Hugo.

Eu: Quem é Carlos?

Maria: Um amigo nosso. Foi ele que nos ensinou a votar no Hugo. A gente só precisou levá-lo pra jantar algumas vezes.

Eu: E você simplesmente acreditou no que ele disse, quando ele contou que existia um Hugo, e que o Hugo queria que vocês votassem nele, e que o Hugo daria uma recompensa?

João: Claro que não! Carlos trouxe uma carta que o Hugo lhe mandou anos atrás, explicando tudo. Tem uma cópia aqui, veja você mesmo.

João me entregou uma fotocópia de uma carta com o cabeçalho "Do punho de Carlos". Havia onze items ali:

1.Vote no Hugo e ele lhe dará um milhão de dólares quando você sair da cidade.
2.Use álcool com moderação.
3.Cubra de pancadas quem não for como você.
4.Coma bem.
5.O próprio Hugo ditou esta lista.
6.A lua é feita de queijo verde.
7.Tudo que o Hugo diz está certo.
8.Lave as mãos depois de ir ao banheiro.
9.Não beba.
10.Só coma salsicha no pão, e sem condimentos.
11.Vote no Hugo, ou ele te cobre de pancada.

Eu: Parece que isso foi escrito no bloco do Carlos.

Maria: Hugo não tinha papel.

Eu: Tenho um palpite que se fôssemos conferir, descobriríamos que essa letra é do Carlos.

João: Claro que é, o Hugo ditou.

Eu: Pensei que vocês tinham dito que ninguém vê o Hugo.

Maria: Não agora, mas tempos atrás ele falava com algumas pessoas.

Eu: Pensei que voês tinham dito que ele era um filantropo. Como é que um filantropo bate nas pessoas só porque elas são diferentes?

Maria: É o desejo de Hugo, e o Hugo está sempre certo.

Eu: Como você sabe?

Maria: O item 7 fala: "tudo que o Hugo diz está certo". Pra mim isso é suficiente.

Eu: Talvez o seu amigo Carlos tenha inventado isso tudo.

João: De jeito nenhum! O item 5 fala: "o próprio Hugo ditou esta carta". Além disso, o item 2 fala use 'álcool em moderação", o item 4 diz "coma bem", e o item 8 diz "lave as mãos depois de ir ao banheiro". Todo mundo sabe que isso é certo, então o resto deve ser verdade também.

Eu: Mas o item 9 diz "não beba", o que não bate com o item 2. E o item 6 diz que "a Lua é feita de queijo verde", o que está simplesmente errado.

João: Não há contradição entre 9 e 2, 9 só esclarece 2. E quanto ao 6, você nunca esteve na Lua, então nao pode ter certeza.

Eu: A ciência já estabeleceu muito bem que a Lua é feita de rochas...

Maria: Mas eles nao sabem se as rochas vieram da Terra ou do espaço, então poderia muito bem ser queijo verde.

Eu: Não sou um perito, mas acho que a idéia é que dois ou mais corpos de bastante massa podem ter colidido durante a formação do sistema solar para criar o sistema Terra-Lua. Mas não saber exatamente como a Lua foi formada no tem nada a ver com ela ser feita de queijo.

João: Ahá! Você acabou de admitir que os cientistas não podem ter certeza, mas nós sabemos que o Hugo está sempre certo!

Eu: Sabemos?

Maria: Claro, o item 5 diz isso.

Eu: Você está dizendo que o Hugo está sempre certo porque a lista diz, e a lista está certa porque o Hugo ditou, e sabemos que o Hugo ditou porque a lista diz. Isso é lógica circular, é a mesma coisa que dizer que 'o Hugo está certo porque ele diz que está certo'.



















João: AGORA você está entendendo! É tão bom ver alguém entender o jeito de pensar do Hugo!

Eu: Mas... Ah, deixa pra lá. E que história é essa com as salsichas?

João (enquanto Maria enrubesce): É um esclarecimento do item 4. Salsicha, só no pão, sem condimentos. É a maneira do Hugo. Qualquer coisa diferente disso é errado.

Eu: Mas então pode comer hambúrguer sem pão? E bratwurst?

João: Peraí, peraí. Não vamos deixar as coisas mais complicadas do que elas são. É melhor deixar esses detalhes para os peritos profissionais no Hugo e suas regras.

Eu: E se não tiver pão?

João: Sem pão, nada de salsicha. Salsicha sem pão é errado.

Eu: Sem molho? Sem mostarda?

João (Gritando, enquanto Maria parece chocada): Não precisa falar assim! Condimentos de todos os tipos são errados!

Eu: Então uma pilha enorme de repolho azedo com umas salsichas picadas em cima, nem pensar?

Maria (enfiando os dedos nas orelhas): Eu não estou escutando!! La la la, la la, la la la.

João: Mas que nojento! Só um pervertido comeria isso...

Eu: Mas é bom! Eu como sempre!!!

João (amparando Maria, que desmaia): Se eu soubesse que você era um desses, não teria desperdiçado meu tempo. Quando o Hugo cobrir você de pancada, eu vou estar lá, contando meu dinheiro e rindo. Eu vou votar nele por você, seu comedor-de-salsicha-cortada-com-repolho!

E assim João arrastou Maria para o carro, e foram embora."

------------------------------------------------------------------------------------

Comentário do Intruder: Caramba, que metáfora sinistramente PHODA!


Recebi esse texto por e-mail e não sei a fonte. Quem souber, me avise nos comentários e darei os devidos créditos.

Links para esta postagem
0

Voltei!

Posted by InTrUdEr on 14:23 in ,
Desde 18 de março, quando fiz a viagem ao Blog Beach eu não postava nada aqui. Muitos compromissos, pouco tempo pra escrever e falta de inspiração são as desculpas que usarei para justificar tal ausência. Se bem que não são desculpas. Foi o conjunto dessas coisas mesmo.

O que me inspirou a escrever hoje é a falta de educação dos passageiros de transporte de massa (ônibus ou trens), que armados de telefones celulares ou mp4 (mp5,mp12, etc) insistem em tocar aquela música que só pra eles é agradável a todo volume, naquele auto-falante ridículo e sem qualidade que vem no aparelho.

Qualquer música, mesmo uma sinfonia melodiosa ou um batuque na cozinha, tem que ter qualidade sonora para ser ouvida. E isso inclui, OBRIGATORIAMENTE, um conjunto de auto-falantes bons. Sejam os enormes 15" das caixas de som de festas ou os mini-fones de walkman que todo radinho tem. Tentar tocar a nona do Beethoven ou o pancadão muleke vida loka num desses que vem nos aparelhos é pedir para ser xingado pelos vizinhos de coletivo.















Comigo parece que é um ímã. É eu estar lendo, querendo dar uma cochilada ou em engarrafamento, aparece alguém achando que a nova música (qualquer estilo musical) show de bola do seu artista preferido deve ser ouvida por todos, naquele momento e DANE-SE!

Já me aproveitei do anonimato de um ônibus lotado pra gritar lá de trás ABAIXA ESSA MERDA! MÚSICA RIDÍCULA! Mas nem sempre dá certo. Nesse dia a pessoa ficou meio que com vergonha da falta de simancol de si mesma e até desligou o aparelho. Não recomendo fazer isso se houver a possibilidade de te descobrirem e uma conversa nada agradável se iniciar.

Então, você que perde seu sossego nos transportes públicos por falta de noção de seus vizinhos, deve fazer o quê nesses casos?

Saída 1: Você tem um aparelho igual e faz um barulho todo seu ao mesmo tempo que o(a) chato(a) inicial.

Saída 2: Você coloca os seus fones de ouvido e escuta algo que lhe agrade.

Saída 3: Tem na bolsa um par de fones extra e dá de presente para o chato.

Eu pensei na saída 4, que é soltar os cachorros em cima mesmo e tocar o rebu, incitando os outros a hostilizar o chato(a), mas isso requer uma certa dose de adrenalina e de preferência algum conhecimento de arte marcial para qualquer eventualidade.

Você pode também indicar esse Blog, mais especificamente esse texto, e o (a) chato(a) em uma próxima vez pensará bem antes de acrescentar a viagem de ir ou voltar pro trabalho um sofrimento extra.

Intruder escuta músicas agradáveis em seu mp4, mas não gosta de compartilhar elas com ninguém.

Links para esta postagem
0

Certezas x Incertezas

Posted by Lucy Heart on 01:23 in ,
A falta do que fazer + altas horas da madrugada + conversar com o Intruder no msn, não podia dar boa coisa...
(brimks Intruder, te gosto ;p)

O seu dia é uma certeza?
Sua rotina é uma certeza?
Não? Então por que a chamamos de rotina?
Porque tomando um acontecimento por vez, a probabilidade de o mesmo vir a se concretizar, é muito maior do que a probabilidade de não.
Pense bem, se a probabilidade de você morrer (não é praga, acompanhe o raciocínio) enquanto dorme fosse maior do que a de você sobreviver, todo dia você perderia mais da metade dos seus amigos.
Se as possibilidades de você não ir trabalhar amanhã (perder o horário, morrer, bater o carro... - chamarei-as de negativas) fossem somadas simplesmente, contra uma única possibilidade (ir trabalhar amanhã) você teria perdido muito mais da metade de seus dias de trabalho esse ano. E mais, quando você fosse, muita gente não estaria lá.
O que acontece é que essas possibilidades negativas não "vão contra" a possibilidade de ir. Cada uma anula outra única. Seria a probabilidade de você bater o carro x a probabilidade de você não bater o carro. E isso para todas as possibilidades negativas. Ou seja, as positivas "ganham". Tornando a sua rotina viável.
Logo, sua rotina é uma regra, com algumas exceções (e merecem esse nome, pois são raras). Você não vive um único dia igual ao outro, pois temos infinitas variáveis a cada dia, mas a maioria delas se concretiza igualzinho ao dia anterior, ou seus dias não seriam tão parecidos (você conseguiria ir de carro para o trabalho uma única vez na vida).
Se você costuma acordar entre 9h e 9h 15min, logo, são 23h 45min (o restante do dia) em que você não acorda.
"Mas Lucy, isso não faz sentido, pois as probabilidades de você não acordar no horário desejado são bem menores"
Sim, faz, pois cada segundo é divido infinitas vezes, em ambos intervalos. E não existe um infinito maior que o outro, logo, partimos de probabilidades iguais. O que faz esses 15min serem os mais prováveis, é que temos controle sobre nosso despertar. Há coisas que nos fazem despertar (barulho de despertador, alguém puxando a sua coberta, ter dormido o suficiente). E por serem controláveis (você escolhe se o despertador toca ou não, e quando ele toca) nos deixam no controle, fazendo a nossa vontade uma grande probabilidade.

"Mas e se o despertador não tocar?"
Cada possibilidade pode ser analisada como um fato, voltamos ao primeiro parágrafo (probabilidade de tocar x probabilidade de não tocar). E as possibilidades positivas ganham. :)
Claro que se, há 10% de probabilidade de acabar a bateria do despertador, e 50% de probabilidade de você não acordar sem despertador, há 5% de probabilidade de você não acordar.
Mas deixo esse tópico para o Intruder. ;)

Lucy é parente de Chuck Norris, tudo sempre dá certo, e o pão cai com a manteiga para cima.

Links para esta postagem
0

Mulheres são descomplicadas

Posted by Lucy Heart on 23:15 in
Depois de muito tempo sem postar, estava lendo um texto do Pedro (clique aqui para lê-lo também) e senti quase que uma necessidade de explicar tudo isso.

Sempre ouço reclamação masculina do tipo "as mulheres são muito complicadas, não dá pra entender o que elas querem" e mimimi. Bom, para você, namorado desnaturado, que não ama ela o suficiente desatento, aqui algumas razões para nosso bizarro, admito comportamento.

Pra começar que a mulher é insegura por natureza (também por um incentivo da mídia, mas isso é assunto para outro post). E muito. Você vê com facilidade gordinhos por aí, sem camisa, se divertindo, e sem ligar muito para o que os outros pensam. Quantas vezes você já viu uma mulher (comum, não-piriguete, e com alguma noção) com uma auto-estima elevada? Poxa, por mais que tentemos parecer confiantes,as vezes, até um olhar torto (com freqüência de outra mulher) dá uma desestabilizada. Por isso, quando sua namorada/peguete/mulher for ciumenta (tá, eu sei que algumas exageram), tente entender que não é por mal, ela só quer se afirmar. O quão difícil pode ser falar um "eu te amo"? Dê um trato nela Faça ela se sentir bem, e amada, que a tendência é ela ficar bem mais tranqüila.

E claro, as constantes mudanças de comportamento são um grande problema. Sim, tem uma explicação para a maioria das vezes. A TPM. Sei que parece desculpa, mas vale a pena tentar fazer vocês entenderem.

Você acorda e se irrita muito com a porcaria do passarinho que tá cantando na sua janela. PQP! Por que aquele m**dinha não se explode? Ou aquele po**a daquele gato inútil da vizinha não estraçalha ele? E assim se dá o seu dia.

Num lapso de lucidez, você liga toda carente para ele, só para falar bom dia, ser legal com o seu amor. Aí ele não pode falar, ou é menos simpático do que o esperado. Pronto. A lucidez desaparece e você volta para as trevas. "Destruição, mortes e cabeças rolando" vira seu mantra.
Então, o bonitinho chega em casa, e age como se nada tivesse acontecido, e pra ele, não aconteceu. (ódio, ódio, ódio. Se eu pudesse eu matava mil!) Você explode, vocês brigam, até que você percebe como agiu o dia inteiro, se sente super mal, chora, pede desculpas e afins.

Tudo isso citado acima, não dá pra controlar. Sério, eu não sou uma pessoa emotiva, mas já aconteceu de entrar num restaurante, ver um monte de carne, pensar nas vaquinhas e começar a chorar incontrolavelmente por que elas morreram (se você for pensar, é uma coisa chata, mas não justifica o choro). Aí, você chora mais pelo mico de estar chorando em um local público, e mais ainda por não conseguir parar.
Loucura? Talvez.

O importante é: TPM ou não, se ela tá diferente, dando respostas curtas, ou você acha que tem algo errado, não pergunte na hora. Por que meu querido, em 95% dos casos, só vai piorar. Mesmo sem saber o que é, seja o mais amável possível (faça uma massagem, algo que ela goste, sei lá) e comece a conversar. Vale até um "como foi o dia hoje?" (se você tiver certeza que não é o causador ou ela estiver mais calma).

Parece que sempre quem causa a briga somos nós, mas não é espontâneo, do nada. Sempre tem uma coisinha que é o estopim. As mulheres são mais intensas, e as pequenas coisas passam desapercebidas pelos homens. A conversa é o melhor jeito de resolver, mesmo que homens em geral não gostem. Por que sim, a gente fala o que nos irrita, é só querer ouvir. fikdik.

Lucy adora falar (como vocês viram pelo tamanho do texto) e talvez por isso, é solteira. Se você não tem problemas de comunicação, beijomeliga.

Links para esta postagem

Copyright © 2009 De Responsa All rights reserved. Theme by Laptop Geek. | Bloggerized by FalconHive.